A Dieta - 3 - A Gorda tesuda

IMC - 26,33

Sobrepeso


Gordinho...
Devo ser um leitão... Para estar gordinho.

A balança lá me explica.
- Menos 10kg... e estavas no ponto.

Magro. Não parecia um chouriço vestido. Parece que agora tudo é melhor em magro. Diz que sim. Porque se for gordo vou passar a vida a fazer piadas foleiras sobre a minha condição. Criarei uma máscara de alegria e boa disposição para me integrar socialmente com maior facilidade. Para fazer amigos não gordos. Para comer às escondidas. Tudo para diluir a dor e a depressão. Porque os gordos sofrem imenso quando as pessoas os rejeitam. Porque a auto-estima de um gordo é magra. Ou anorética. Porque a comida é um refugio e provalvelmente vou tentar comer o meu próprio abrigo. O que não faz muito sentido. Tal como generalizarmos perfis psicológicos, pessoas, doenças, ou perpetuarmos lugares comuns.

Foda-se.
Poupem-me.

Eu não tenho nenhum problema com o facto de estar gordinho. Isso é estúpido. Apenas quero viver mais tempo e ter cabide para uma roupa catita. É vaidade e egocentrismo. Não há nada de nobre na minha dieta.

Aliás chega a ser contra corrente.

Todos os meus amigos, cansados das "miúdas fitness", dos ginásios e das cenas horríveis que elas comem, quem apenas uma só coisa: Comer uma Gorda.

Mas não uma qualquer. Uma meia gorda não chega.
É preciso comer uma Gorda tesuda!
Uma mulher maciça. Com curvas grandes e largas. Molhada. Com aço. Das que suam toda a noite. Das que nunca param e têm sempre vontade... Ali... A dar o litro numa gritaria parva.
A fome e vontade de comer juntas para abocanhar o mundo. Trinca-lo à bruta.
Esta é que é a verdade.

E dói-me... Pensando bem custa...

Ser eu uma gorda tesuda e destruir tudo com esta dieta.


Dados de ontem
- 9.5 km de caminhada
- 537cal
Estava com o pé leve.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Dinosaur Love by Harry Baker

O que é ser rude?

A Dieta - 1 - Abotoar é um verbo sério