terça-feira, janeiro 24, 2012

Que quimadela chaval!

Eu adoro queimadas. Não gosto de fogos.
Gosto de queimadas.
Quando resolvemos incinerar o passado. Jogar-lhe fogo. Desaparecer com as coisas que não interessam. Incendiar o incomodo.
Lá vamos.
Vamos para o meio do mato ou para um descampado, decididos a terminar com o que resta, e esquecer o que nos condena.

Eu adoro queimados.
Queimados da cabeça.
Aquelas pessoas que deixaram de ser normais, como consequência do uso de drogas.
Não tenho paciência para eles.
Mas simpatizo.
A mesma simpatia que sinto por uma cobaia. Por uma rato de laboratório.
Sou-lhe agradecido.
Agradeço o exemplo. Agradeço o seu sacrifico em prol de uma solução.
Gosto de ver como a droga lhes deu cabo do pouco que tinham. Gosto de ver como acontece sempre aos mesmos.
É cientifico.
Não falo de drogados. Da malta do cavalo. Da rapaziada do Casal Ventoso, assaltos com seringas, curas no estrangeiro. Não falo de arrumar carros, roubar velhas na Morais Soares, malta da "ramona".
Não falo desses.
Esses tinham drogas do rock.
Falo dos actuais.
Falo dos passados, dos passadões e dos que estão prestes a variar.
Malta das festas com o Dj Qualquer num lado qualquer, numa after em qualquer lugar. Gente que aparece com a abolição da Chungaria em plenos anos 90.
Más companhias.
Sim que todos eram bons mocinhos. Tiveram azar.
Malta das drogas novas. Cenas com siglas e mais não sei o quê! Comprimidos, pastilhas, cheiros e aceleramentos.
Gosto deles.
Estão sempre a emendar-se. De epifania em epifania até à verbalização do ultimo ataque de lucidez.
"Meu eu agora vou atinar. Deixar-me da má vida. Orientar-me. Um gajo também vê."
Pois vejo.
Vejo que o cérebro não recupera.
Vejo que deviam saber mais.
"Vejo que já paravas de te mexer que só de olhar para ti enjoo. Parece que estou num barco. Pára sossegado."
Se calhar é a corrente de ar entre as orelhas que lhes gela a inteligência.
É aquele ar esquizofrénico-bipolar, sociopata desajustado, infeliz e estrilhoso. É aquele que sorri infantilmente, gritando à vida cantigas de protesto.
Como sempre, está tudo controlado. Tipo um hobby. "Eu sou tonto por opção".
Não não és.
És mal resolvido...
E quando te apercebes disso... vais-te esconder... e fazes a tua queimada.

A Dieta - 5 - A Pesagem

IMC - 26,33 Sobrepeso Não me posso pesar todos os dias. Diz que torna a malta ansiosa e acho que a ansiedade engorda. Posso-me pe...