Mensagens

A mostrar mensagens de 2012

Como comprar o AMEAÇA FOFINHA em casa?

Já está no mercado.

A partir de hoje podem adquirir o livro Ameaça Fofinhaonline.

Se a ansiedade for muita. Se não conseguirem esperar que ele chegue às livrarias, podem encomendar o vosso exemplar nos links abaixo.

Versão fisica.
http://www.worldartfriends.com/store/1811-daniel-filipe-ameaca-fofinha.html
ou em
http://corposeditora.com/site/mostra_obra.asp?idcoleccao=20&idobra=1167

Versão digital (ebook)
http://www.worldartfriends.com/store/1812-ameaca-fofinha.html

Fofuras e até breve.
Sejam rudes e comprem o livro.

Ameaça Fofinha

Imagem
Olá.
Como já devem ter reparado tenho andado um pouco afastado do blogue. A verdade é que 2012 tem um ano muito cheio. Estes meses finais não foram excepção.
De um momento para o outro, ofereceram-me a oportunidade de publicar um livro com os meus versos. Fiquei tão surpreso com a proposta e com a rapidez de todo o processo que ainda não consegui digerir esta nova situação.

Mas que sei eu disto?
Que sei eu de coisa qualquer?
Agora já não há nada a fazer. O contracto está assinado e um homem de barba nada teme.

É com grande orgulho que vos venho apresentar o meu primeiro livro.
Chama-se Ameaça Fofinha.
Muito sucintamente é uma compilação dos poemas que fui escrevendo ao longo dos últimos quatorze anos. Muitos deles ainda são da minha adolescencia. É um estranho diário sobre tudo o que se passou na minha vida até agora. Literalmente tudo o que possa imaginar. Não tem tema, linha condutora ou intenção.
Este livro sou eu.

Aos outros quilos de papel que ficaram por reler peço desculpa. Este é o pa…

Eu e o MAGO no podcast da FENDAMEL

Após o desafio do João da revista FENDAMEL, lá me aventurei a dizer uns versos.

Aqui fica "O inicio deste verão" dito por mim.
A sonoplastia, que foi uma total supresa, é do MAGO.

Espero que gostem



Revista cultural FENDAMEL
http://www.facebook.com/Revistafendamel?ref=stream

MAGO
http://www.facebook.com/MAGOPT

Site oficial de AMOR TERROR

Olá

Já está online e 100% funcional o site oficial de AMOR TERROR.
Espero que gostem.

É só fazer www.amorterror.com

Divirtam-se

A mais vistosa

A mais vistosa

Ainda és uma menina linda com todos os sonhos do mundo?
Daquelas que não estão acordadas a esta hora?
Das que se vão levantar cedo a um Domingo.
Para um passeio. Para um almoço. Para tudo o que é suposto.
Mantenho-me o oposto.
À Noite, ao frio e pelo meio da estrada,
Fugindo ao que me foi imposto,
Por mim, por ninguém, por nada.

Arrefeço por memória e pela glória de me reconhecer.
Exilado em nenhum estrangeiro na esperança de estrangeiro ser,
Contemplando o céu estrelado, indeciso pela mais vistosa,
De brilhos não percebo nada e tu preferes prosa.


O inicio deste verão

O inicio deste verão

Está uma noite linda.
Festas por todo o lado. Vontades a toda a prova.
- Para os mais conjunturais - É inicio do mês.
Havendo poucas certezas, barulhos e outras miudezas.
Não me sinto em conformidade.
Até me posso interrogar, qual filosofo pós tecnologico,
em doces perspectivas,
amantes de mil intrigas,
Fazer do verão um começo

Mas não há ponta que me console.
Não há riso que me traga vida.
Pedra dura em vida mole,
Da água salgada mais querida.

E está um a noite linda
Em poses de derreado.  Festas de lingua em lingua.
- Para os mais que são demais - É verão outra vez.
Havendo tantas belezas, festinhas e delicadezas.
Não me sinto em conformidade.
Deixo até de me indignar, qual vidente não teológico,
Aspirante conspirativo.
Rompante e criativo.
Fazer do verão um pretexto.

Mas não há ponta que me console.
Não há riso que me traga vida.
Pedra dura em vida mole,
Da água salgada mais querida.

01/07/2012

Amor Terror - Isabel

Aqui vos apresento a Isabel.


Amor Terror - Isabel from Daniel Filipe on Vimeo.


Já saiu há algum tempo o nosso primeiro video.
Fizemos da Isabel porque a ideia era a mais barata e simples. Não envolvia storyboards, deslocações, autorizações, etc.

A equipa foi excelente.
Gostava de agradecer às "Isabeis" (Raquel Carvalho, Filipa Nascimento, Catarina Fonseca e Silva, Ariana Matins, Sofia Covão e às gémeas Ana e Maria Ventura), à Ana Varanda (por nos ter cedido o espaço para filmar as cenas d banda) ao meu primo Tomé Bento, à Raquel, ao Francisco e ao Miguel.

Cada um tem a Isabel que merece

Saváz, Aveques e Derivados

Malta emigrante.
Compreendo que não se pode tomar a parte pelo tudo, mas ultimamente dans ma petite ville vocês têm-me feito a vida noir.
Eu sei que a diáspora portuguesa se farta de trabalhar, que as vacances são a altura do ano onde podem descomprimir, apanhar um soleil decente, que la vie dans le banlieue c'est difícil, que as coisas "na França" n'est pas como eram dantes,  mas tudo tem um limite.
au Portugal também temos problemas en la société, avec la politique, le chômage e tudo mais, mas não andamos a fazer barulho - e acreditem que nous avons des raison pour ça - a torto e a direito.
Vocês faire beaucoup de barulho.
É ouvi-los andar ai a fundo no vosso bruto renault 21 - bela voiture - estando sujeitos a magoar alguém, ou mesmo um animal fofinho.
Param o carro, começam a chinelar como se tivessem na Nazaré.
chambres.
Plus.
Esses mini cães que trazem ao colo nunca se calam. Tão sempre a ladrar em francês que é uma lingua estúpida para se ladrar.
E a m…

Miúdas Religiosas e Radicais Livres

Os cadernos ficam com pó.
É assim que me apercebo.
Os cadernos ficam com pó e as listas sucedem-se em agendas cheias de compromissos.
Esperanças.
Futuros.
Oxalá.
Os livros ficam com pó e só consigo pensar em limpa-los. Em vez de lhes pegar.
Em vez de os voltar a ler.
É duro.
É uma dispendiosa luta contra a maldição.
Trata-se de resistir estoicamente à amargura.
Uma guerra contra o envelhecimento.
Salve-se o espirito!  

Existe um conjunto de sinais impossível de ignorar.
De um momento para o outro dou por mim a fazer uma data de coisas chatas.
Tenho compromissos aos Domingos. Acordo sempre antes da uma da tarde. Abraço os deveres domésticos com devoção. Faço exercício fisico regularmente. 
Depois do duche espalho pelo corpo em movimentos circulares,  uma dispendiosa loção hidratante anticelulitica e reafirmante.
Na embalagem lê-se: Hidragem 5 com centenha asiática e vitamina A.
- Este é o momento onde os verdadeiros heterossexuais deixam de ler esta prosa disfarçada -
Ora este creme pro…

Amor Terror na Dom Fuas Fm

Na passada 6ª feira fomos até Porto de Mós, às instalações da Dom Fuas Fm, conversar sobre a nossa banda.
Aqui ficam dois momentos que poderão ouvir no próximo dia 26.
Três dias antes do nosso concerto nas grandiosas Festas de S. Pedro, dia 29.
Apareçam.

A NOITE

Amor Terror - A Noite - Acustico na Dom Fuas FM from Daniel Filipe on Vimeo.


O CONTRACTO
Amor Terror - O Contracto - Acustico na Dom Fuas FM from Daniel Filipe on Vimeo.



O gosto de Deus

Confesso que me agrada a confusão que a minha atitude espiritual deixa nos outros.
A duvida instala-se.
"Mas ele é crente ou não?"
"Será muçulmano?"
"Ou muçulmano ou budista. Ele tem a mania que é estrela. Ele é dessas coisas?"

Ninguém sabe.

A minha familia nunca teve uma militancia à organização.
Geneticamente nunca podia fazer parte de uma religião estruturada. Missas, horários, cuidados alimentares e penitencias afins... mas o que é que isso tem a ver com ser boa ou má pessoa?
(Duvida pilar existencial e metafisica da minha familia mais chegada - Tudo se resume a isto).

"Hum... ele é de Lisboa... filho da baixa burguesia de esquerda. Ele é evolucionista. Céptico. Ora ateu ora agnóstico. Sequer foi baptizado!"

Orgulhosamente não baptizado. Os meus pais tiveram a decencia de restringirem ao carnaval o periodo onde me podiam vestir ridiculamente. Alem disso a minha mãe sempre foi muito protectora e os padres sempre tiveram má fama.
Entenda-s…

Outros Blogues - Blogue do Esfera

Olá pessoal, hoje apareço aqui para divulgar o blogue do meu amigo Esfera.

( Esfera no fim de crescido porque enquanto foi "filho do Jorge e da Célia", ou "sobrinho do João Gordo" era o Esferovite. Esta alcunha surgiu devido ao seu imponente fisico. )

http://bloguedoesfera.blogspot.pt/

O blogue começou à pouco tempo e tem-se dedicado à terapia psíquica do autor.
Esta é necessária porque a consciência consome demasiada felicidade.

Não sejam moles.
Visitem o Blogue do Esfera.


P.S.- Se eu tivesse um exercito invadia um país com muita felicidade, para poder ter consumos felizes e elevados.

Notas - Pessoa normal

Eu não sei se sou uma pessoa normal.

Nunca me disseram que era bom ser uma pessoa normal ou ter uma vida comum.
Apesar de tudo, a minha vida não foi normalizada. Tem-se escapado com mérito a todos os normalizantes ataques de normalidade.

Um facto é que descobri em extensas diligencias cientificas, é que o normal é impossível de achar.
O sacana é um ponto intermédio entre outros dois pontos desconhecidos, entre o bom e o mau.
Classica bipolaridade dogmática e religiosa.
Filosoficamente, é anormal achar o normal. Cientificamente também.
Então como se determina a normalidade comum? A vulgar, a democratica, a de todos, a do povo.

A conversa do normal está sujeita a noções tão vagas como a da própria normalidade. O senso comum, o bom senso, a intensidade do toque no momento da grande penalidade.
Merdas sem jeito nenhum.
Coisas de quem não faz ponta de corno.
Desculpas para justificar apatia.

A verdade é que as pessoas acham o que é normal por comparação. Simples e infantil exclusão de partes.
Como um …

Uploading - Restam 3 horas

Parte do meu trabalho envolve fazer upload de ficheiros enormes cheios de enormidades.
Alguns megalómanos outros cheios de megalomania.
Alguns ou outros, no meu ecrã falta sempre algum tempo para poder estar em liberdade.
Não vá a ligação cair.
Não vá o diabo tece-las.
Não vá qualquer coisa.

Enquanto faço outra coisa qualquer, fico sempre a aguardar.

Chove desde manhã e tenho de ficar recolhido.
Aguardo de castigo.

A minha música é melhor que a tua - The Dear Hunter - "Grounds for Divorce" - FILTER Magazine

Imagem
O Casey continua-me a inspirar...

Notas - As Tetinhas

Saio do estabelecimento à pressa, escutando a populaça acusar a velhota do ataque químico.
Ao chegar à passadeira encontro um homem feliz, com muitos dentes. Pede-me para assinar um papel onde se exige a criminalização do fado.
"Assine prontamente.
Assine porque assiste diariamente à degradação da juventude, ao seu envelhecimento precoce escutando essa coisa do antigamente. Esse mal que insiste em nos definir como gente atrasada. Essa peste sonora ora pós moderna ora tradicionalista.
Fado é crime!
Fado é crime e património de uma humanidade penhorada.
Assine prontamente."

Ora eu gosto pouco de assinar.
Todavia achei graça à frase "FADO É CRIME" e comprei uma t-shirt.
Para dar polémica. Só para a multidão ficar confusa.
Provoca-se pouco.
Devia ser como no leste.
Umas jeitosas em topless com pinturas anti-fado causavam mais impacto.
Que homem não é solidário com a causa da manifestante de mamas ao léu?
- Um homosexual!
Sim mas fora essa rapaziada? Quem?
Ah pois.
Qu…

Notas - O Bom, a Má e a Grávida

Às vezes interrogo-me.
Curiosamente é coisa que muita gente faz. As pessoas interrogam-se! Parece que é coisa estudada e ensaiada por filósofos.
Depois de me interrogar arranco para onde existirem letras e ensaio. Sem banda. Sem tempo ou objectivo. Não é suposto sair da garagem, mas sai sempre. Constantemente.
Eu sou assim.
Nada guardo!
Já tenho tralha que chegue. Como não? Sou solteiro, bom rapaz e quase tudo cá por casa tem pó ou pêlo de cão.
À medida que arrebanho ideias e sensações - coisa sortidas - vou anotando com método e tecnologia fina.
"Devia escrever uns textos no blog com estes temas."
Aqui estão eles.

O Bom, a Má e a Gravida!

O que de facto me surpreende é o fascínio que os ocidentais comuns atribuem às mulheres grávidas. Não me julguem mal. Eu não faço parte do governo chinês e compreendo a cena do milagre da vida. É tudo muito lindo e mágico.
Quase tudo.
Gazes não!

Existe certamente uma ordem secreta que insiste em ocultar o lado mais cheiroso da gravidez.
Eles …

Provavelmente é relativo

Provavelmente quando saímos da cama directamente para o sofá, assinalamos a intensidade da noite anterior.
Saímos com o nosso melhor andar zombie, palpando terreno até nos jogarmos às almofadas do moderno canapé.
Como está frio arrebanhamos a mantinha e assumimos a derrota por uns instantes.
- Casa de banho. Esqueci-me de ir à casa de banho.
A vontade aperta.
Abrem-se os olhos. Semicerrados. Obrigados.
Imagina-se um plano de acção que seja eficiente e pouco exigente em termos de energia.
Habilmente procuram-se pantufas já frias com os dedos dos pés.
- Ergue-te.
Desta vez és um super herói. Se estiver muito frio és uma santinha.
E tudo está um bocadinho fresco quando no destino. Tampa da sanita, água para lavar os dentes, a toalha para secar as mãos.
No fim desse ritual regressa-se mais desperto... um pouco mais acordado.
É hora de apressar o passo.
Ninguém deseja se atrasar para horas seguidas de ócio grosseiro.

Provavelmente é relativo.
É relativamente simples ensaiar uma hibernação…

A minha música é melhor que a tua - Say Anything - Burn A Miracle

Imagem
Gosto de Say Anything.
Aqui fica o video do tema Burn A Miracle.
Outro video muito giro.


A minha música é melhor que a tua - ANTHONY GREEN - Get Yours While You Can - Video

Imagem
Adorei este video.
Já tenho o álbum há algum tempo e também está muito bom.
O António Verde é rapaz de talento.

Onde é que isto vai parar?

- É que se isto continua assim, eu não sei onde é que isto vai parar.

Sempre que se falam de aumentos de combustíveis lá vem esta frase.
Existe sempre um cidadão muito indignado que nos alerta para um "isto", que tem por grande problema desconhecer o local de "paragem"

Apenas desconheço a razão pela qual, os jornalistas não perguntarem de volta:

- Isto o quê?

Amor Terror - O Contracto - Balcony Tv Lisboa

Imagem
Escrevi esta canção numa noite como esta...
Só tenho pena de estar tão rouco durante a gravação deste vídeo.

Defying Control - Time Changes - Director's info

Imagem
Voltar a filmar foi uma surpresa.
Tudo foi repentino, impulsivo, puro.
Assim que acabou o telefonema do Chico, percebi que era à antiga.
Sem meios, sem tempo e sem protocolo. Apenas umas cameras com lentes de origem, um guião manuscrito numa folha a5 e a colaboração de amigos.
Apresento-vos o vídeo oficial para o tema Time Changes de Defying Control.
Espero que gostem!

Naftalina Power

As pessoas até costumam estranhar, mas eu nunca fui dado ao Carnaval.
Apesar de em pequeno ter sido piloto de aviões, policia, rei, cowboy, Zorro, pierrot (este disfarce representa a minha mais intensa experiência homossexual), e outras personagens mais, nunca me ficou no sangue o espírito da coisa.
Mais.
Sei o que é uma "bisnaga banana"!
Bombinhas, balões de água, serpentinas.
Vivi o Carnaval pré-loja dos chineses!
Era suposto ter aquele apego afectivo às características da época.
Mas não.
Nada me excita.
Pior.
A maioria dos meus amigos endoidece durante os 3 dias de folia.
Todos fazem questão em se mascarar, com brio e detalhe.
Existe uma felicidade súbita que esvazia garrafas, barris e depósitos.
Os perfumes caros transformam-se em naftalina. Todos aos pulos em noites intermináveis que invadem manhãs.   

Devia-me mascarar...
Mas hesito.
Primeiro porque dá trabalho, depois porque faz frio.
Alem de que, só o faço apenas para acompanhar as outras, sendo eu a Maria.
O ano passado fui um go…

Amor Terror - A Noite (com Maria Margarida Rodrigues)

Está quase...
Passou tudo num instante.

Começou a promoção do álbum de Amor Terror.
Depois da formação da banda.
Depois da composição das canções e trabalho do estúdio. A partilha com os convidados. A diversão. Depois dos contactos e toda a preparação para o nascimento do nosso primeiro disco.
Aqui surge o primeiro single do "Lista Negra".

Chama-se A Noite, contou com a participação da Maria Margarida Rodrigues e do Paulo Holandês, e foi das canções que mais nos surpreendeu.
É a primeira canção do concerto e será o primeiro vídeo.

Espero que gostem do resultado e que fiquem com curiosidade para o resto do disco, que sairá no final de Março! A todos os envolvidos neste disco, muito obrigado.

<p><p><p><a href="http://amorterror.bandcamp.com/track/a-noite-com-maria-margarida-ro…

Luzes, camera e vento (Amor Terror na Vox Trooper Tour - 10 - Lisboa - Sardoal - Lisboa)

Este fim-de-semana foi sem dúvida um dos mais divertidos de sempre.
Soube muito bem.
Especialmente depois da semana de insónias e de frio que passei.
São as maldições. São as energias turvas e novos alinhamentos cósmicos.

Parte I - Lisboa - 146km
A missão consistia em ir a Lisboa 6ª- feira.
Eu e o Miguel.
Custou-me tanto levantar. Nem sei se cheguei a dormir.
Arrancamos de manhã com o intuito de gravar uns temas em formato acústico para “A música portuguesa a gostar dela própria”.
11 e meia no Jardim do Torel.
Passamos largos minutos a tentar fugir ao insistente vento.
Soprava forte. Soprava frio.
Soprou até nos estragar a segunda canção.
Ficamos de gravar mais duas da próxima vez que voltarmos a Lisboa. Com tempo, com menos frio e sem vento.
Muito obrigado à Ana Claudia Silva, à Tatiana Saavedra e à Carolina Cartola. - que acha coisas sobre a nossa música.
- Não acham que essa letra é um bocado machista? – Perguntou ela arrogantemente, assim que acabamos o take do “Casar e Sof…

Cansado mas feliz (Amor Terror na Vox Trooper Tour - 8 & 9 - Beja e Rio Maior)

8 - Beja - 406km 
Já a algum tempo que ansiávamos esta jornada.
Começou com a tentativa de por 3 pessoas e uma coluna de baixo dentro de um 106. Impossível.
Insano.
Se não fosse a boa vontade da Rita Rodrigues, o concerto de Amor Terror na Galeria do Desassossego, não existiria - Obrigado por nos ter emprestado o carro.
E que pena seria.
Beja é bela cidade. Tem tempo próprio. As gentes são afáveis e fazem questão de receber bem.
O local é uma antiga taberna com centenas de anos, em plena zona histórica.
Ficamos surpreendidos com a diversidade da plateia. Tanto de idades com de estilos.
O único senão é a hora a que os concertos têm de acabar. À uma e vinte no máximo dos máximos. (Fiquei a saber que um dos vizinhos da Galeria do Desassossego é um Gnr reformado com um feitio particular).
Tudo correu num instante. Jantar, concertos, conversas com os locais – Abraço ao Gonçalo – e em menos de nada estamos a preparar o regresso.
Obrigado por tudo e até uma próxima. O jantar estava excelent…

Que quimadela chaval!

Eu adoro queimadas. Não gosto de fogos.
Gosto de queimadas.
Quando resolvemos incinerar o passado. Jogar-lhe fogo. Desaparecer com as coisas que não interessam. Incendiar o incomodo.
Lá vamos.
Vamos para o meio do mato ou para um descampado, decididos a terminar com o que resta, e esquecer o que nos condena.

Eu adoro queimados.
Queimados da cabeça.
Aquelas pessoas que deixaram de ser normais, como consequência do uso de drogas.
Não tenho paciência para eles.
Mas simpatizo.
A mesma simpatia que sinto por uma cobaia. Por uma rato de laboratório.
Sou-lhe agradecido.
Agradeço o exemplo. Agradeço o seu sacrifico em prol de uma solução.
Gosto de ver como a droga lhes deu cabo do pouco que tinham. Gosto de ver como acontece sempre aos mesmos.
É cientifico.
Não falo de drogados. Da malta do cavalo. Da rapaziada do Casal Ventoso, assaltos com seringas, curas no estrangeiro. Não falo de arrumar carros, roubar velhas na Morais Soares, malta da "ramona".
Não falo desses.
Esses tinham drogas do roc…

Onde está o público? (Amor Terror na Vox Trooper Tour - 7 - Caldas da Rainha)

7 - Caldas da Rainha - 122km

2012 começou com o concerto mais estranho até agora da Vox Trooper Tour.
Diria mesmo que para os mais crentes, começara aqui uma profecia estranha e tenebrosa.
(Só só eu a exagerar... A construir dinâmica dramática.)
Mas que o nosso concerto foi invulgar, ah isso foi.

Chegamos ligeiramente atrasados, e mesmo com energética vontade o resultado foi um invulgarmente longo soundcheck. Mais. Alem dos locais 74, outra banda local desejava juntar-se à festa.
"Tudo bem" acordamos.
Situações à antiga. Surpresas de ultima hora. Até foi giro pois fez-nos recordar aquelas festas quando tínhamos bandas de liceu.
Quando fomos jantar já muito passava da hora previamente combinada.
- Devo ressalvar que apesar dos imprevistos, a organização da Blackbox nos trataram muito bem. (Um beijo para a Diana e um abraço para o Tiago).
O publico entretanto começara a chegar a bom ritmo.
"Bem é tempo de irmos para o camarim."
As condições para concertos no cent…

Fui tocar e ganhei 3kg (Amor Terror na Vox Trooper Tour - 6 - Marinha Grande)

Imagem
6 - Marinha Grande - 202km

Fechamos o ano de 2011 com um concerto na Marinha Grande. Mais um club. O local chama-se Ovelha Negra.
O dia estava feio, cinzento.
De carro e de chuva até ao labiríntico centro histórico. Tapumes com fartura, obras e sentidos proibidos. Tem acontecido com frequência.
Estas brincadeiras inutilizam o Gps e obriga-nos a carregar o material durante distancias maiores.
O que é deveras agradável.
Mal chegamos fui logo apresentado ao Jardel. Este Jardel é do F.C.P mas é um pouco mais magro, mais claro, mais baixo e com menos cabelo, que o famoso jogador de futebol. Alem disso pareceu-me bastante sóbrio comparando com o goleador.
Depois de fazermos som fomos para a casa de pasto "o Agustito", jantar e ver um Real Madrid-Barcelona. Sobre isto, umas coisas: O meio campo do Real é ridículo. Os árbitros gostam sempre um bocadinho mais do Barça, mas nem precisavam já que este Barcelona provavelmente é a melhor equipa de futebol de sempre.
Lendário.…

Saibam porque é que sou tão bonito